Mundo indeciso

Esse mundo indeciso em que vivemos não sabe bem o que esperar de nós. Ora nos quer fortes, ora nos quer fracos. Em um momento nos pede maturidade, em outro, temos que ser puros como criança.

Como saber para onde ir e aonde chegar, se em todo caminho tem um problema novo para nos impedir? Como ser espontâneo, se as pessoas não gostam da sinceridade? Como fazer o que se quer, se vamos esbarrar em quem não gosta do que fizemos?

Se somos legais, tolerantes, acreditamos nas pessoas e não guardamos mágoa, somos ingênuos e bobos. Se temos o pé atrás para criar vínculos, dizemos não a quem nos faz mal, nos afastamos de quem não vale a pena, somos arrogantes e metidos.

A receita, vão dizer, é ser você mesmo sem ligar para o que pensam. Mas o mundo, esse indeciso, não gosta de quem não liga. Ele também nos quer agindo de olho em quem está do lado, preocupados com o que vamos provocar ao redor.

Nosso mundo é cruel. Mas, peço desculpas, vou continuar sendo ingênua e arrogante, forte e fraca, madura e infantil, espontânea e tímida. Porque sou feita de contradições e, num mundo como esse, não tem como ser diferente…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s