Ano de copa do mundo [e de eleições]

Texto e direção do amigo Cid César
“O mais forte signo de nossa identidade cultural – o futebol – ganha visibilidade em todo o planeta. A substância da cultural nacional vibra como nunca – a brasilidade toma conta de um povo que ri, mesmo sem dentes.
Nas sacadas dos prédios: bandeiras! Nos carros: adesivos! O verde e o amarelo pintam toda e qualquer cidade brazuca. Ai daquele que não vestir uma camisa nessas cores, está completamente fora de moda, afinal somos penta – que orgulho!
O mercado – é claro – faz a maior festa. As indústrias se apropriam de forma generalizada do fenômeno: sou brasileiro,  com muito orgulho, com muito amor….
Mas, dizem os entendidos, que o amor e o ódio caminham juntos. É verdade! Aquele que veste a fantasia, porta a bandeira na avenida do êxtase, até sem saber o enredo da escola, é sem dúvida o mesmo que diz: esse país está uma merda!
Oh! Brasil, esquentai vossos pandeiros e a chapa também. Nós queremos mudar! Vamos conquistar não somente o hexa, mas as sonhadas reformas políticas e sociais. Vamos combater com o voto os comandos e PCCs ( políticos covardes e corruptos) que aterrorizam a nação.
Vamos que vamos! Pra frente Brasil! Salve a seleção!
Mas não se esqueçam: ano de copa do mundo também é ano de eleição.”
Vídeo sobre o texto, gravado com uma caneta espiã. Narração de Chico Diaz:
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s